Passarinho por Crystal Chan

Sinopse
"Quando o mundo que conhecemos está prestes a ser arrasado, é preciso apostar tudo na redenção 
Os anjos do apocalipse chegaram e vieram para aterrorizar a humanidade e acabar com o mundo moderno. Gangues de rua tomam conta do dia, enquanto o medo e a superstição dominam a noite. Quando anjos guerreiros sequestram uma menininha indefesa, sua irmã mais velha, Penryn, fará o que for preciso para salvá-la. Até mesmo um acordo com um anjo inimigo. Raffe é um guerreiro caído, que perdeu as asas. Depois de eras lutando suas próprias batalhas, ele é resgatado de uma situação desesperadora pela jovem Penryn, que concorda em ajudá-lo desde que ele mostre a ela como encontrar sua irmã. Viajando por um mundo sombrio e perigoso, eles podem contar apenas um com o outro para sobreviver. Juntos, vão em direção à fortaleza dos anjos em San Francisco, onde Penryn arriscará tudo para resgatar sua irmã, e Raffe se colocará à mercê de seus piores inimigos pela chance de voltar a ser inteiro."

Autor: Crystal Chan
Editora: Intrínseca
Ano: 2014
Páginas: 219
Gênero: Infanto juvenil/Drama
    

Passarinho é o livro de estreia da americana Crystal Chan. O livro foi publicado em 2014 no Brasil pela editora Intrínseca.

Fui para a leitura de Passarinho sem expectativas e sem saber muito do que se tratava o livro, decidi fazer isso pois já havia visto algumas resenhas positivas dele e adoro essa capa então decidi colocar as expectativas de lado.

Passarinho conta a estória de Joia, ela é uma garotinha que vive a sombra da perda de seu irmão, John. Ou Passarinho.
Ele morreu no mesmo dia em que ela nasceu, John pulou de um penhasco depois de ouvir de seu avô que ele tem asas e podia voar. O avô não fala mais desde então.

"Meu avô parou de falar no dia em que matou meu irmão, John." - Primeira sentença do livro.


Joia é uma garotinha excelente, que adora biologia e seu maior sonho é ser bióloga. Basicamente, iremos seguir a trajetória da Joia, como a morte do irmão a persegue e como seus pais lidam com isso.


Como disse, estava sem expectativas. E esse acabou sendo um dos melhores livros que li esse ano.

Existem tantos pontos e caminhos que essa autora abriu que fica até difícil comentar de todos aqui. Mas vamos com calma.

Primeiramente, a escrita. A narrativa dessa autora é extremamente linda, cativante e sensível. Seguimos sob os olhos da Joia em primeira pessoa e a forma como ela descreve situações e pensamentos são de ótimo tom, durante toda a leitura ouvi a voz dela na minha cabeça e sentia ela próxima de mim.

Os conflitos familiares apresentados são vários e cada um deles afeta a Joia de alguma maneira. A Mãe que não da a atenção necessária pra ela por ainda sofrer com a perda do filho, o pai que faz quase a mesma coisa, o avô que não fala, as mentiras e assim vai.


É de cortar o coração a forma como ela percebe isso e as seguidas tentativas inconscientes de reparar um erro ao qual ela nem tem culpa.

A trama é encantadora, fazia um tempo que não lia um infanto juvenil um pouquinho mais denso assim e foi uma experiência ótima.

A finalização da autora é bem feita e não deixa pontas soltas, é fácil sentir falta dos personagens pois o leitor entende as circunstancias e se sente muito apegado ao ambiente criado.

Passarinho foi absolutamente uma leitura maravilhosa e que recomendo pra todo mundo, todo mundo. A riqueza de detalhes assim como a pureza e ingenuidade dos olhos de um criança são transmitidos de uma maneira fascinante e que vale a pena conferir.

Comentários

  1. Oi, Gui! Eu sempre achei a capa desse livro linda mas nunca havia lido resenha dele, não sabia nem do que ele se trata. Eu fiquei tipo OMG agora, preciso ler ele????!! haha
    Eu amei a premissa, apesar de eu não ler muitos livros assim este me pareceu um que vale a pena. Beijos
    Estilhaçando Livros
    Conheça o novo Cantar em Verso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal Sil!
      Espero que curta o livro também, é muito bom!
      Abraço!

      Excluir
  2. Oi, Gui!
    O livro parece ser muito emocionante. É maravilhoso quando lemos uma história tão bem escrita que consegue nos tocar, né?
    Fiquei intrigada com o enredo. Vou adicionar a minha lista de desejados
    Adorei a resenha.
    Beijos

    http://www.construindoestante.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Eliana, espero que curta a leitura.
      Abraço!

      Excluir
  3. Oi Guilherme!
    Acho que tivemos experiências semelhantes com esse livro. Eu também li sem muitas expectativas e fiquei encantada com a leitura. Crystal Chan parece ser um nome muito promissor, né?
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oie Guilherme =)

    Ainda não tive a oportunidade de ler esse livro, mas só leio boas resenhas dele. Parece ser um história bem construida e cativante.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  5. Minha nossa, Gui! Nunca soube desse livro com essa capa linda e essa premissa maravilhosa!
    Já quero, cara. Amei o que li de você. E essa capa é realmente muito linda.

    =)
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, Gui!
    Acho que nunca vi esse livro e quando li a sinopse fiquei um pouco confusa, mas depois da resenha fiquei com aquela vontade de ler. Adoro livros que seguem dramas familiares e esse me parece ser maravilhoso, vou adiciona-lo na meu skoob.
    apenasumaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

DEIXE A SUA OPINIÃO!

Postagens mais visitadas deste blog

Os Lançamentos de Julho | 2016

Sumiço, Mudanças + O Que ando lendo