Fangirl por Rainbow Rowell

Sinopse
"Cath é fã da série de livros Simon Snow. Ok. Todo mundo é fã de Simon Snow, mas para Cath, ser fã é sua vida – e ela é realmente boa nisso. Vive lendo e relendo a série; está sempre antenada aos fóruns; escreve uma fanfic de sucesso; e até se veste igual aos personagens na estreia de cada filme.
Diferente de sua irmã gêmea, Wren, que ao crescer deixou o fandom de lado, Cath simplesmente não consegue se desapegar. Ela não quer isso. Em sua fanfiction, um verdadeiro refúgio, Cath sempre sabe exatamente o que dizer, e pode escrever um romance muito mais intenso do que qualquer coisa que já experimentou
na vida real.
Mas agora que as duas estão indo para a faculdade, e Wren diz que não a quer como companheira de quarto, Cath se vê sozinha e completamente fora de sua zona de conforto.
Uma nova realidade pode parecer assustadora para uma garota demasiadamente tímida. Mas ela terá de decidir se finalmente está preparada para abrir seu coração para novas pessoas e novas experiências."





Autor: Fangirl
Editora: Novo Século
Ano: 2015
Páginas: 422
Gênero: Jovem Adulto
    

Depois de ter lido Eleanor & Park e me apaixonado pela escrita da Rainbow Rowell, fiquei com muita vontade de ler mais livros dela. Quando Fangirl saiu no Brasil fiquei bem animado pois a sinopse é ótima e só por ser da Rainbow, já promete.

Fangirl é contado sob o ponto de vista da Cath, ela está entrando na faculdade e é uma menina muito tímida, retraída e viciada em Simon Snow, uma série de livros mundialmente famosa. Sua vida é escrever fanfiction da série, seus escritos são acompanhados por milhares de leitores pelo mundo.
Entretanto, o mundo chama por ela e agora que sua irmã gêmea que é muito extrovertida e quer novas experiencias, não quer ficar no mesmo quarto que ela, ela terá de enfrentar uma vida social sozinha, com os desafios de ser uma pessoa introspectiva.

Me envolver com a Cath não foi uma tarefa fácil, me identifiquei muito com ela e achei ela uma personagem muito real, porém ela é, de certo modo, temperamental então por algumas vezes queria entrar no livro dar um chacoalho nela. Mas ai avançando na história percebi o quanto os defeitos dela fazem ela ser a Cath, e o quanto isso é original.

A narrativa da Rainbow Rowell continua incrível e deliciosamente envolvente. No início da leitura é um pouco difícil de entrar no rítmo dela, mas lá pela página 60 a coisa pega jeito e o texto deslancha. O ritmo é muito rápido e ela, como sempre, consegue apresentar um problema e desenvolve-lo muito rápido.



A edição da Novo Século tá bem legal, eles mantiveram a capa e fizeram um projeto gráfico padrão para os livros da autora aqui. Não vi erros de grafia porém não curti a tradução, várias expressões foram traduzidas de um jeito que particularmente não me agradou, sem contar na quantidade da palavra 'gente' no texto, e Carry On que foi traduzido como 'Vá em Frente' também me desanimou. Mas isso são pequenos detalhes que vocês não tem que se ater.

Se tem alguém que sabe escrever um bom jovem adulto que toque em assuntos delicados mas ao mesmo tempo faz o leitor se apaixonar, essa pessoa é a Rainbow Rowell. Ela explora diversos nichos, tantos familiares, pessoais ou socais na vida da personagem principal de uma foma muito natural, fazendo com que o leitor se relacione com ela e a entenda da melhor maneira possível.

A Cath é uma grande escritora de fanfiction e isso foi bem legal de se encontrar em um livro, não tenho o costume de ler fanfic mas já tive a minha fase de escritor (hahah) e ler sobre alguém com essa rotina foi muito bom, ver a entrega dela à isso e como escrever é importante pra ela em vários sentidos e sob vários fatores.

Por fim, recomendo muito Fangirl, para todos os tipos de leitores. Tendo passado por isso alguma vez na vida ou não. Sempre ressalto aqui a importância da leitura e esse é um bom exemplo disso, poder analisar a Cath e perceber como é o outro lado se você é extrovertido e poder se identificar se você é como ela.

Para quem curte uma leitura rápida e leve mas que trabalhe relacionamentos pessoais e familiares de uma forma bem jovem e ainda remete a arte de ser fã de algo, Fangirl é leitura obrigatória!.

Comentários

  1. Oi, Guilherme! Tudo bem?
    Eu ainda não li nenhum livro da Rainbow Rowell >< Mas não é por falta de vontade, a única coisa que anda me impedindo é o preço mesmo... "Fangirl" também está no topo da minha lista de desejados, o que mais me conquista nessa sinopse é saber que a personagem escreve fanfics e, particularmente, me vejo nela totalmente por isso. Acho bacana quando rola essa conexão com o protagonista e imaginando que a autora vai me agradar e muito, não duvido nada que "Fangirl" possa virar uma leitura favorita. Adorei a resenha! Bjs
    Jéssica S. - http://lereincrivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Gui!
    Tudo bem, meu querido?
    Rapaz eu não sinto vontade de ler livros dessa autora =(
    De verdade! E esse é o que menos me atrai. Acho que não é pra ser mesmo. né?
    Ou vai ser na hora certa (rs.).

    Abraço, Gui.
    Bjux.
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Meu deus eu necessito ler esse livro, já o venho namorando a muito tempo rsrrsrsrs boa resenha :D

    garotoliterariio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Gui,

    Eu tenho muita vontade de conhecer a escrita da autora, ainda não tive essa oportunidade e sua resenha me ajudou escolher, qual obra da autora pretendo começar. Adorei a resenha!

    Beijos!

    Cintia
    http://www.devaneiosdeumacindy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Gui!

    Você só conseguiu aumentar minha vontade de ler esse livro. Ainda não li nada da Rainbow, talvez eu comece a conhecê-la por Fangirl. Acho que também irei me identificar com a Cath, e saber que ela é um personagem bem real me deixa mais animada ainda.

    Beijo!
    apenasumaleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oiee,
    Esse foi o primeiro livro que eu li da autora e foi "amor a primeiro paragrafo" hihi, eu fui lendo ele bem devagar, deixando a leitura fluir e foi um dos livros que eu mais gostei de ler <3

    Abraços!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

DEIXE A SUA OPINIÃO!

Postagens mais visitadas deste blog

O Adulto por Gillian Flynn

Sumiço, Mudanças + O Que ando lendo

Os Lançamentos de Julho | 2016