Fingindo por Cora Carmack

Sinopse
"Por quanto tempo você consegue prender alguém?
Meu nome é Cade Winston. Aluno de mestrado em belas-artes, voluntário, abraçador de mães e seu namorado pelas próximas vinte e quatro horas. Prazer em conhecê-la.
Com seus cabelos coloridos, tatuagens e um namorado que combina com tudo isso, Max tem exatamente o estilo que seus pais mais desprezam... E eles nem sonham que a filha vive assim.
Ela fica em apuros quando seus pais a visitam na faculdade e exigem conhecer o futuro genro. A solução que Max encontra para não ser desmascarada é pedir para um desconhecido se passar por seu namorado.
Para Cade, a proposta veio em boa hora: é a chance que ele esperava para acabar com a sua fama de bom moço, que até hoje só serviu para atrapalhar sua vida.
Um faz de conta com data marcada para terminar... E um casal por quem a gente vai adorar torcer. Fingindo vai seduzir você."


Autor: Cora Carmack
Editora: Novo Conceito
Ano: 2015
Páginas: 329
Gênero: Romance/New Adult
    

Quem estava com saudades das resenhas? o/

Fingindo é o segundo da série Perdendo-me publicada pela editora Novo Conceito. Essa é uma série compenium, ou seja, você pode ler os livros fora de ordem pois cada um tem a sua própria história.

Em Fingindo vamos acompanhar a Max e o Cade. Max é vocalista de uma banda, tem um namorado dessa mesma banda e adora tatuagens. Cade é um ator mas sua carreira anda de mal a pior, depois de ter terminado com sua antiga namorada, Bliss, Cade anda desanimado com tudo.
Os se esbarram em um Café quando Max recebe uma ligação de seus pais dizendo que eles estão na cidade e vão ao Café que ela esta em 5 minutos para conhecer o namorado dela. Max entra em desespero total, os pais dela nem imaginam que ela tem tatuagens e piercings e muito menos que ela tem um namorado como aquele. No meio do desespero ela acaba pedindo para Cade, que estava sentado em uma mesa próxima, para fingir ser seu namorado por 5 minutos em quanto os pais dela estão ali. Ele acaba aceitando e é ai que a vida de Max e Cade tomam rumos completamente inesperados.

Já disse aqui no blog e repito, new adult é a minha cura para a ressaca literária, não gosto tanto do gênero pois na maioria das vezes o livro é previsível, mas quando meu ritmo de leitura esta ruim é só pegar esse tipo de livro que o ritmo volta. E foi por isso que peguei Fingindo para ler, e por sorte, deu certo.

Não tinha muita vontade de ler esse livro pela capa, quando vi pensei que fosse igual a todos esses new adults por ai. Até que parei para ler a sinopse essa coisa de a menina pedir para o garoto fingir ser o namorado dela por alguns minutos me chamou a atenção.

O livro é narrado em primeira pessoa sob o ponto de vista alternado de Max e de Cade, essa forma de narrativa me deixou muito contente pois assim o leitor tem uma visão mais ampla da estória e não fica preso na cabeça de um personagem que ele não gosta. A narrativa da autora é muito fluida e Cora conduz o leitor pela estória de uma forma muita rápida, em poucos capítulos você já se vê preso no livro.

Max para mim foi um caso de amor e ódio, ao mesmo tempo que ela me conquistou inegavelmente com seu ótimo bom humor, ela toma algumas decisões que me irritaram, apesar da autora explicar no final, isso me irritou bastante. 
Cade é um personagem nem tão legal assim e nem tão chato, ele se mostra perfeito mas o seu passado não é nem um mar de rosas. Como vocês sabem, Cade aparece sem Perdendo-me, que eu não tenho interesse em ler, então, se você já leu e quer ver mais dele, Fingindo é uma boa pedida.

O livro tem uma ligação com a musica muito forte, a Max é vocalista de uma banda e ela também compõe, suas composições são de uma sinceridade e ritmo sem iguais, assim como em Métrica, gostei muito de a autora mostrar para o leitor as composições dos personagens, seja poema ou música.

A premissa da abertura para muitos assuntos a serem tratados, por exemplo, por que a Max se veste desse jeito? por que ela não quer que seus pais não a vejam do jeito que ela é? e o Cade, por que ele decidiu aceitar? qual o passado dele?, esses assuntos foram todos bem trabalhados fechando todas as pontas da estória. O final que a autora deu para os personagens foi extremamente satisfatório e senti que não ficou nada faltando.

Fingindo foi um livro que me surpreendeu positivamente, como disse, eu julguei o livro pela capa (que eu acho que nem condiz com a estória) e pensei que fosse uma coisa e a autora me mostrou outra. A forma como a autora abordou assuntos como auto conhecimento e auto aceitação foi encantadora e sincera, assim como sua narrativa bem desenvolvida. Não é um livro sensacional mas cumpre seu papel, uma leitura rápida e descontraída. Se você gosta de um romance bem humorado mas intenso ao mesmo tempo, Fingindo é uma super indicação!.

Comentários

  1. Oie Guilherme =)

    Como não curti muito a leitura do primeiro livro dessa série, não estou assim tão animada para ler esse =(
    Dizem que a escrita da autora melhora e tudo mais, só que ainda estou com o pé atras sabe rs...
    Espero que a leitura não me decepcione como da ultima vez.

    Beijos e um ótimo final de semana;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo Ariane, ainda assim, te indico Fingindo pois a trama é muito boa!

      Excluir
  2. Oi, tudo bem?
    Eu já li esse livro e adorei, achei bem leve, ideal para aqueles dias que agt só quer uma leitura par relaxar.
    Beijoss.
    http://www.garotadolivro.com/

    ResponderExcluir
  3. É verdade, new adult é uma leitura ótima pra quando não estamos muito afim de ler nada, meio travados, isso muda rapidinho. E olha, eu também julguei o livro pela capa, aliás ainda tô com um pé atrás, mas você falou tão bem da história que me deixou curiosa!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem tag no blog, vem conferir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. né? hahahah. Que bom! espero que goste :)

      Excluir
  4. Parabéns pela resenha Guilherme! Estou ansiosa para ler Perdendo-me e Fingindo! Abraço!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, Guilherme! Tudo bem? Opa, gostei bastante de conhecer melhor esse livro! Confesso que pela capa dele eu achei que fosse um livro erótico, mas vi que ele não é assim. Gostei bastante da premissa da história e fiquei com vontade de ler o livro! Ótima resenha! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi tony!
      Que bom que gostou!, ele não erótico mas tem algumas cenas mais fortes. Valeu!

      Excluir
  6. Oi, Guilherme!
    Já li esse livro, mas foi em versão digital.
    Não me conquistou tanto quanto Perdendo-me, mas eu achei ele bem legal também.
    Adorei a resenha.
    Beijos

    Construindo Estante || Curta a fan page
    Sorteio de caneca personalizada de A Culpa é das Estrelas. Participe!

    ResponderExcluir
  7. Oi Guilherme!
    Vejo muito esse livro, mas nunca peguei para ler sobre o que se tratava.
    Faz meu estilo, adoro romances.
    Quero ler!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Guilherme!
    Tem livros que são a cura perfeita mesmo e normalmente são esses despretensiosos.
    Essa implicância que você tem com NA por serem previsíveis eu tenho com romances de maneira geral, por isso não é um gênero que eu leio muito.
    Que bom que a leitura funcionou para você (e te livrou da ressaca, rsrs)
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi, Guilherme. Tudo bem?
    Esse foi um livro que tipo, eu pensei que seria só mais um romance hot sem graça, mas pelas resenhas percebi que tem muita história e que parece ser muito bom e diferente.
    Abraço.

    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Não li Perdendo-Me, mas este me chamou a atenção devido ao lado musical da história. É uma pena os personagens não serem lá tão agradáveis. Fiquei bem curiosa em relação a aceitação dos personagens.

    Blog: Dei um Jeito

    ResponderExcluir
  11. Oi Guilherme, tudo bem?
    Eu fui pra leitura desse livro sem nenhuma expectativa e tive uma boa surpresa, gostei da leitura,
    e como você disse, ele cumpre sua função, mas sem ser algo mirabolante e inédito, mas ta valendo.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  12. OI Gui! Tudo bom?
    Cara eu não sei por que sou tão apático com livros que possuem continuação.
    Não consigo, não me chama. Mas esse em especial - apesar de sua resenha ótima! - não me convidou mesmo. Achei tão comum!!!
    Fico aguardando a próxima resenha.
    Boa semana, Gui.

    Abraço..
    Diego França, blog Vida & Letras
    http://blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. OI Gui! Tudo bom?
    Cara eu não sei por que sou tão apático com livros que possuem continuação.
    Não consigo, não me chama. Mas esse em especial - apesar de sua resenha ótima! - não me convidou mesmo. Achei tão comum!!!
    Fico aguardando a próxima resenha.
    Boa semana, Gui.

    Abraço..
    Diego França, blog Vida & Letras
    http://blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Guilherme!
    Faz tempo que não leio nenhum new adult, mas talvez seja uma boa pedida pra tentar fugir da ressaca literária. Eu não tenho conseguido engatar nenhuma leitura. :(
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Guilherme!
    Eu gosto muito desse livro e da autora, quando li ela pela primeira vez eu achei o enredo maravilhoso, parabéns pela resenha e pela sua opinião, ele é leve e divertido mesmo e cumpre bem o que propõem! Beijos
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2015/05/resenha-suspeitos-robert-crais.html

    ResponderExcluir
  16. Oi Guilherme,
    Apesar de ter gostado da sua resenha esse é um livro que não tenho a mínima vontade de ler, mesmo tendo ficado curioso com a cena dela apresentando o falso namorado para os pais, isso deve ter sido, no mínimo, muito divertido, acho que não darei uma chance para o livro... o estilo dele não me agrada :/
    Grande abraço!!!

    Leitor Antissocial

    ResponderExcluir
  17. Oi Guilherme!
    Eu gostei bastante desse livro, não vejo a hora de ler os próximos volumes \o/
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  18. Oi Guilherme!
    Concordo com você, NA é ótimo para curar ressaca literária, mesmo sendo meio previsível a gente lê bem rápido.
    Eu já li esse livro e também gostei!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo joia?
    Já faz um bom tempo que vejo coisas sobre esse livro, mas ele nunca me despertou vontade de ler, eu não gosto muito de romances (não me julguem), mas acabo lendo por causa do blog, são poucos que conseguem me conquistar haha;

    Beijos
    intoxicadosporlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Eu acho que esse livro deve ser muito divertido, e só por isso já ganhou meu coração. A premissa é bem interessante, apesar de não ser muito inovadora.
    Ainda bem que não precisa ler os livros na ordem, porque não tenho interesse em Perdendo-me.

    Beijos,
    Duas Leitoras

    ResponderExcluir

Postar um comentário

DEIXE A SUA OPINIÃO!

Postagens mais visitadas deste blog

Os Lançamentos de Julho | 2016

Sumiço, Mudanças + O Que ando lendo