Battle Royale por Koushun Takami

Sinopse
"Em um país totalitário, o governo cria um programa anual em que uma turma do ensino fundamental é escolhida para participar de um jogo. Os estudantes são levados para uma área isolada, onde recebem um kit de sobrevivência com uma arma para se proteger e matar concorrentes. Uma coleira rastreadora é presa no pescoço de cada um deles. 
O jogo só termina quando apenas um estudante restar vivo. Ao final do programa, o vencedor é anunciado nos telejornais para todo país. As regras do jogo foram criadas de maneira que não haja uma forma de escapar. E a justificativa da matança é mostrar para a população como o ser humano pode ser cruel e como não podemos confiar em ninguém - nem mesmo no nosso melhor amigo de escola."



Autor:  Koushun Takami
Editora: Globo Livros
Ano: 2014
Páginas: 678
Gênero: Distopia/Suspense
    

Battle Royale é um livro publicado em 1999 no Japão e apesar de fazer um enorme sucesso é causador de polemicas por seu conteúdo violento. O livro que baseou mangás e um filme em 2000 ganha uma nova edição em 2014 pela Globo Livros com tradução direta do japonês.

Apesar de já ter ouvido falar sobre esse jogo (em que pessoas são forçadas a se matar), não sabia que existia um livro propriamente dele, quando soube do lançamento fiquei bem empolgado em ler e descobrir se era realmente assim tão bom.

O livro em si é muito sobre o jogo, 42 estudantes de uma escola de ensino fundamental estão em um ônibus achando que estão indo em direção a uma excursão, todos acabam dormindo sob o efeito de um gás jogado no ônibus e acordam ainda no ônibus mas em uma ilha afastada no litoral do país. O coordenador do jogo anuncia que eles são a turma escolhida pra participar do Battle Royale, o que significa que eles são deixados na ilha e terão que matar uns aos outros até restar somente um. O vencedor ganha um simples cartão de ouro autografado pelo presidente e uma quantia em dinheiro.

A idéia desse jogo é tão perturbadora e macabra que só ficava mais assustado enquanto a leitura prosseguia, matar uns aos outros até restar um? quem cria isso?. Mas, acabei me conformando e continuei lendo, esse jogo apesar de ser louco atiça muito a curiosidade.

A narrativa do autor me impressionou por sua genialidade e simplicidade, o livro tem 42 personagens e o autor narra em primeira pessoa a trajetória de quase todos eles, ele faz isso de uma maneira completamente individual e sem chatear ou cansar o leitor, algo notável.
A construção dos personagens é feita de uma maneira rápida e elaborada, em poucos parágrafos, Koushun nos apresenta as personalidades individuais desses estudantes, meninos, meninas, gordo, magro, baixo ou alto, ele trabalha o psicológico dos personagens de uma maneira que a ação não pare em momento algum.


Assim como quase todo mundo, me assustei com a quantidade de páginas. São quase 700 mas como já disse, a narrativa é tão fluida que dá pra lê-lo em 3 dias. Sem contar que a edição da editora é super bem organizada e caprichada, a capa tem uma textura especial e o livro possui mapas da ilha no interior.
O conteúdo do livro é bem forte e não recomendo tanto pra quem é menor de 15 anos tanto pra quem tem estomago fraco, o autor não poupa cenas de assassinato explicitas, ele descreve com nitidez as mortes desses estudantes.

A obra também é classificada como distopia, sou super fã desse gênero e tenho que deixar claro que esse lado não é muito explorado por aqui, sabemos que a Ásia virou um grande país opressor e totalitário mais o livro vai explorar mais o jogo do que assuntos políticos.  Uma pena, queria uma continuação para saber mais desses detalhes.

O livro é incrível por mil diferentes maneiras. Uma super recomendação pra quem gosta de Jogos Vorazes ou curte livros do gênero, Battle Royale tem ação o tempo todo e possui um ritmo alucinante e voraz. Vocês precisam ler esse livro!.

Comentários

  1. Amei sua resenha! Já tinha visto esse livro mas nunca parei pra saber do que realmente se tratava, e se antes de saber já queria ler imagina agora... É realmente perturbadora essa ideia de colocar crianças para se matarem até só restar uma, mas deve ser incrível o livro.
    Beijos,
    http://www.thousandlivestolive.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou!, apesar do livro ser forte vale super a pena a leitura sim :)

      Excluir
  2. Eu tenho tanta vontade de ler esse livro, já vi ótimas resenhas sobre ele, assim como a sua!
    Espero que eu tenha oportunidade de lê-lo logo :)
    Adorei o blog, já estou seguindo!
    Beijos.
    Se puder, dá uma olhadinha no meu blog: Blog Palavrear-se :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Que bom que gostou da resenha e do blog, espero que goste do livro.
      Beijos

      Excluir
  3. já tinha lido resenhas desse livro, mais nem sabia que tinha jogo, parece ser uma leitura interessante e é bom a leitura flui.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi, Guilherme! Tenho muita vontade de ler esse livro, ele parece ser ótimo! Fico feliz de saber que o autor narra sobre as trajetórias de quase todos os participantes do jogo, o que mais senti falta em A Seleção e Jogos Vorazes foi justamente isso: Saber mais sobre os participantes e sobre seus passados... Enfim, quero muito ler "Battle Royale"! Ótima resenha! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou!, O autor é bem esclarecedor quanto aos personagens, espero que goste da leitura ;)

      Excluir
  5. Olá tudo bemm? Não conhecia o livro, acredito que não seja o meu estilo favorito, mesmo assim não descarto a leitura =D

    Adorei sua resenha, muito esclarecedora quanto ao enredo!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho uma curiosidade enorme para ler esse livro. Distopia é um dos meus gêneros favoritos e esse comentário de que ele deu inspiração para JV me dá mais vontade de ler ainda. To atrás do livro, mas não sei quando de fato vou ler.

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

DEIXE A SUA OPINIÃO!

Postagens mais visitadas deste blog

Os Lançamentos de Julho | 2016

Sumiço, Mudanças + O Que ando lendo